10 dicas para a mulher empreendedora

Por vezes, quando pensamos em abraçar algum projeto ou desafio profissional, de imediato começamos a ouvir as famosas “vozinhas sabotadoras”, tanto externas como internas, mostrando aqueles que podem vir a ser os potenciais obstáculos ao sucesso e ao empreendedorismo feminino. Sobretudo as mulheres, que são tantas vezes confrontadas com séculos de crenças enraizadas e preconceito, que muitas vezes reside num plano inconsciente, mas que as impede de atingir resultados.

Mas o empreendedorismo é uma nova tendência e possível para quem tenha esse sonho, desejo e vontade, ou até necessidade e nós decidimos reunir alguma dicas para ajudar mulheres com esse espírito a lançar-se no seu negócio!

É certo que vivemos um período de incerteza e de instabilidade, mas, muitas vezes, é nas alturas de crise que surgem as grandes oportunidades. Por isso, talvez esta crise mundial que vivemos devido à pandemia, possa ser a altura para colocar em prática todas aquelas ideias e sonhos que tem vindo a guardar ao longo dos últimos tempos.

Deixamos, por isso, algumas sugestões de dicas testadas e recomendadas por especialistas e que quando aplicadas potenciam qualquer negócio ou projeto pessoal.

1. Faça da sua paixão a sua profissão ou apaixone-se pelo que faz

Não há alternativa. De outra forma, estará em constante esforço e os resultados tardarão em chegar. Mas não escolha um negócio só porque está “na moda” ou é rentável para a vizinha do lado. É, sem dúvida, a paixão que nos move e nos traz sucesso. E, se aliar a sua paixão ao que o mercado precisa, os resultados serão certamente garantidos.

2. Trabalhe o Autoconhecimento!

Escute o seu corpo, mente e alma. Assegure que estão todos alinhados! Conheça-se e questione-se a cada instante sobre onde está e, sobretudo, onde quer estar. São múltiplas as ferramentas disponíveis, escolha a sua, encontre os seus pares, envolva quem possa ser uma ajuda para lhe “cobrar” resultados! Todos temos um “coach” na nossa família ou amigos, ou contratar um coach profissional, numa altura de desafio e novo projeto também pode ser um excelente investimento.

3. Planeamento e organização

O planeamento e a organização têm, obrigatoriamente, de ser uma prioridade para quem começa uma atividade, e mais ainda se for um negócio: agenda, checklists, orçamento, têm que fazer parte do vocabulário e ser ferramentas do dia- a-dia. Não há espaço para deixar acontecer, quando esperamos resultados e há ótimas aplicações que ajudam nisso. Ah, e seja realista no planeamento… Atribuem a Bill Gates a conhecida citação “Muitas pessoas sobreestimam o que podem fazer num ano e subestimam o que podem fazer em dez anos.”

4. Escrever, escrever, escrever!

Escrever os sonhos, os projetos, objetivos e metas; escrever é uma ferramenta poderosa para materializar o nosso sonho empreendedor. Faça-se acompanhar de um bonito caderno de notas ou use app e ferramentas disponíveis nos dispositivos electrónicos. O importante é assegurar-se que não perde nenhuma ideia. Um bloco de notas na mesa da cabeceira pode também ajudar a fazer registo daquelas ideias súbitas que surgem durante a noite e que tantas vezes se perdem pela preguiça de levantar. Escrever ajuda ainda a vincular e é uma forma de visualizar e poder sempre regressar aos nossos projetos para que não caiam no esquecimento.

5. Evite o stress financeiro

Cumpra com o orçamento, encontre um rendimento passivo, faça uma pequena poupança e viva de acordo com os rendimentos. Há profissionais especializados nesta área e livros com dicas preciosas. Por exemplo, o livro Pai rico, Pai pobre, de Robert T. Kiyosaki, foca-se no empreendedorismo e numa eficaz educação financeira e é leitura obrigatória, apesar de já ser um clássico.

Existem ainda pessoas a fazer partilhas gratuitas de educação financeira, como por exemplo Bárbara Barroso do Money Lab.

6. Venda-se e ao seu produto ou serviço

Aproveite cada momento, cada interlocutor para falar um pouco do seu negócio, da sua paixão e potencial. Quem sabe nas redes sociais, encontros casuais, na paragem do autocarro ou até mesmo no elevador pode encontrar o seu próximo cliente. Falar com paixão será sempre a melhor estratégia de marketing.

7. Cada macaco no seu galho: crie parcerias!

Há coisas para as quais não temos mesmo talento ou know how suficiente e se revelam absoluta perda de tempo, sobretudo quando há profissionais especializados para o fazer. Contabilidade, marketing, design, por exemplo, são áreas em que facilmente se encontra um profissional disponível e com orçamento para todas as carteiras. Desta forma fica livre para canalizar o seu tempo e energia para o seu projeto. Para projetos mais técnicos há plataformas de freelancers com valores bastante acessíveis e trabalho de qualidade.

8. Seja feminina, seja mulher

Não se anule! Há qualidades e aptidões únicas da mulher ou, pelo menos, associadas a uma energia mais feminina, que devem ser aproveitadas: falamos de intuição, imaginação, criatividade, empatia, estética e tantas outras que enriquecerão certamente aquilo a que se propõe. No entanto, aproveite ainda a energia masculina que possui: foco, concentração e garra serão também necessárias e, portanto, o ideal é combinar ambas as energias e hemisférios do cérebro rumo ao sucesso. Esqueça o mito que o mundo dos negócios é de homens e para homens!

9. Acredite em si.

Mesmo contraventos e marés. Se está alinhada, se está a fazer o que o seu coração pede e se tem presentes as restantes dicas, o sucesso está ao seu alcance.

10. Dê o próximo passo…

Seja ele qual for, não deixe de o dar e faça-o o quanto antes. Mesmo um pequeno passo que possa ser dado desde já, colocará a toda a sua energia a mexer na direção do seu desejo e negócio.

Se esta altura de crise a assusta, procure aconselhamento direcionado e de referência, mas nunca pense em desistir por medo de tentar. Lembre-se sempre que a crise pode, mesmo, trazer as maiores oportunidades.

Partilhe connosco as suas experiências, vamos adorar ler e a sua partilha poderá

beneficiar outras pessoas nas mesmas circunstâncias.

A entreajuda poderia muito bem ser uma 11ª dica!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *